UNIVERSO REALIDADE EXTREMA: PLANETAS HABITÁVEIS PODEM SER MAIS COMUNS DO QUE SE IMAGINAVA